Olá, pessoal! Conforme prometido, vamos à segunda parte das minhas dicas sobre como usar quadrinhos na sala de aula. No artigo passado, só para lembrarem, falei sobre algumas fontes para que vocês pudessem conseguir material autêntico para trabalhar com seus alunos. Agora, vejamos o que dá para fazer com esse material todo: Grammar: está trabalhando com algum tópico gramatical específico? Use quadrinhos como forma de exercícios ou para apresentar a matéria. Atividades como preencher espaços em brancos (que você deve criar) são um exemplo, apenas. Mas lembre-se que...

Olá a todos! Para os próximos textos, resolvi fazer um apanhado de dicas sobre o uso de histórias em quadrinhos na sala de aula. Sou um grande apreciador da arte sequencial —e colecionador, diga-se de passagem — e, ocasionalmente, utilizo quadrinhos como ferramenta didática. Inclusive, vale a pena mencionar que aprendi muito com quadrinhos, um dos meus grandes professores/mentores/Mestre Jedi comumente usava algumas edições de minha coleção como forma de incentivo à aprendizagem em nossas aulas. Embora ainda sejam vistos com olhos preconceituosos por muitas pessoas, os quadrinhos vêm...

Olá a todos! Para o artigo deste mês, pensei em voltar ao assunto da tecnologia. Acho que é sempre importante encontrar e pesquisar coisas novas, principalmente devido à rapidez com que o mundo digital se move. Então, pensei em juntar, mais uma vez, dicas de recursos que podem render boas atividades em sala de aula (e fora dela). Vamos lá, então: Quizlet: já ouviu falar deste serviço? Muito interessante (e gratuito), legal para quem curte e gosta de aprender através de flashcards. Dá para criar os seus próprios, organizá-los...

Já ouvi muitas pessoas torcerem a cara para jogos de video game: são violentos, viciantes… Nada de bom parece vir desses brinquedos “malditos”. Entretanto, há mais benefícios do que se pode perceber e que eu, como um gamer de longa data (e estudioso dos efeitos do lúdico na aprendizagem), poderia elencar aqui. Mas como este é um blog para professores de inglês, acho que cabe alguns comentários acerca de como o jogos de video game podem ser uma ferramenta a mais para nossos alunos aperfeiçoarem seus conhecimentos linguísticos. Os...

Olá! Uma das minhas técnicas favoritas (tema do meu trabalho de conclusão de curso e do meu mestrado), que venho usando há alguns anos em sala de aula, é o uso do RPG como uma ferramenta de ensino. O termo é geralmente associado a jogos de videogame, como Final Fantasy e World of Warcraft. Mas estou falando dos também chamados tabletop RPG, ou RPG de mesa. RPG é a sigla de role-playing game, e mistura elementos de duas outras atividades: as brincadeiras de faz-de-contas e contar histórias. Resumidamente, um jogador...

Olá a todos! Primeiramente, gostaria de dizer que é uma honra participar desse projeto da Richmond voltado para professores. Para meu texto de estreia, pensei em escrever um pouco sobre o que resolvi chamar de iTeacher. Não por considerar o professor mais um “i” gadget qualquer, mas por relacioná-lo a uma postura frente às constantes revoluções tecnológicas que vivemos. Parece ser injusta a nossa luta contra as tecnologias disponíveis aos nossos alunos. Muitas de nossas salas de aula, ainda mal equipadas, não são atraentes aos nossos alunos que chegam...