Comic books are not (only) for kids! — Part 02

Olá, pessoal! Conforme prometido, vamos à segunda parte das minhas dicas sobre como usar quadrinhos na sala de aula. No artigo passado, só para lembrarem, falei sobre algumas fontes para que vocês pudessem conseguir material autêntico para trabalhar com seus alunos. Agora, vejamos o que dá para fazer com esse material todo:

  • Grammar: está trabalhando com algum tópico gramatical específico? Use quadrinhos como forma de exercícios ou para apresentar a matéria. Atividades como preencher espaços em brancos (que você deve criar) são um exemplo, apenas. Mas lembre-se que as histórias em quadrinhos são uma excelente forma de apresentar a língua inglesa sendo usada de forma natural. Portanto, trabalhe com vocabulário e expressões presentes nas histórias ou tirinhas. 
  • Puzzle: pegue uma página de uma história (pode ser aquelas dominicais de jornal, que geralmente são maiores que as tiras diárias), tire quantas cópias forem necessárias, corte-as e peça que seus alunos remontem a história em ordem, de forma coerente.  
  • Rewriting: escolha uma sequência de quadrinhos ou tirinhas, tire os textos dos balões (no computador ou a mão, mesmo) e peça que seus alunos rescrevam/recriem a história. É uma ideia simples, mas que ajuda a desenvolver a criatividade e a escrita. 
  • “My last vacation”: é uma tradição pedir para os alunos escreverem/falarem sobre suas férias quando voltam no início do ano, não? Então, que tal pedir que façam em quadrinhos? Você pode pedir que façam isso cortando e colando histórias prontas e montando as suas versões, usando o computador (algum software específico) ou à mão, mesmo! O bacana é que eles podem contar suas histórias como Superman, Spider-man, Garfield… 🙂 
  • Manual de instruções: os alunos podem criar seus próprios manuais de instruções, em quadrinhos. Há muito material institucional feito desta forma, quem sabe os alunos não criam algo desse tipo para a escola, em inlgês? Claro que não precisa ser apenas para a escola, pode ser um manual de qualquer coisa que eles queiram! De novo, dá para ser feito à mão ou usando recortes ou até mesmo algum programa de computador. 
  • Bingo: já imaginou fazer uma atividade de listening com HQs? Monte tabelas de bingo com quadrinhos ou tirinhas e faça um bingo com seus alunos! 
  • Teatro: ao invés de interpretar Shakespeare na sala de aula (!?!), que tal colocar os alunos para fazerem uma cena ou aventura completa de alguma HQ? Pode ser uma performance simples ou com figurino etc. Dá para pedir ajuda para o professor de arte e fazer algo conjunto. Que tal uma versão mais “caseira” dos Vingadores ou Homem de Aço? 🙂

De forma alguma esgotamos o assunto aqui. Quem sabe voltamos a esse tópico futuramente? Bem, espero que tenham curtido as dicas! Se alguém tem outras ideias, compartilhe! Abraços e até a próxima!

Fabiano Silveira

Fabiano Silveira é graduado em Letras Inglês e Mestre em Educação com ênfase em Estudos Culturais. Professor de Inglês do Curso de Letras e Secretariado Executivo Trilíngue da ULBRA e Coordenador do Instituto de Línguas da mesma universidade. Também atua como professor de inglês no Colégio Israelita Brasileiro e como tradutor freelancer para editoras e estúdios de histórias em quadrinhos. Contato: • profnerd@icloud.com • facebook.com/profnerd

No Comments

Post A Comment