2018, 2019… If education had a trending topic in the past few years, it would certainly be Active Learning [Metodologias Ativas, in my native Brazilian Portuguese]! The presence of Active Learning in lectures, professional development sessions, online courses, and face-to-face practices may be a result of the need the schools have to promote meaningful learning that triggers learners’ autonomy, protagonism, and active thinking. That is my bet, at least. It also seems to corroborate with present cross-curricular and interdisciplinary expectations which, in turn, help develop a more integrated curriculum aimed...

As metodologias ativas estão presentes em quase todos os debates contemporâneos de educação no Brasil. Nos últimos três anos, o termo tem ganhado força e aparecido em publicações, cursos e debates sobre educação. Tenho atuado na formação docente de professores com foco em metodologias ativas desde 2013, em especial, com o Ensino Híbrido. Desde então, foram centenas de formações em instituições de ensino públicas e privadas. No ano de 2018, tive a oportunidade de participar de uma série de encontros oferecidos pela Richmond em sete cidades do país: São Paulo,...