Vou confessar uma coisa: odeio ir ao dentista. Nada contra a pessoa do dentista, o profissionalismo ou o consultório. É meio que irracional, como um medo inexplicável, mas eu realmente detesto ir ao dentista. Por isso, evito ao máximo fazê-lo – erro clássico e crítico. Rápida historinha real: usei aparelho fixo por vários anos por volta dos meus 20 de idade e após retirá-lo, fiquei apenas com uma contençãozinha atrás dos dentes frontais inferiores. Por ocasião dessa contenção, eu deveria ir ao dentista 2 vezes ao ano para uma limpeza, coisa que não...