Look who’s talking: usando o celular na sala de aula

Olá a todos e todas! Vamos a mais uma postagem sobre dicas de como usar o celular na sala de aula! Embora já tenha falado anteriormente sobre alguns apps que podem auxiliar nas suas práticas de sala de aula (aqui, aqui e aqui), desta vez pensei em focar em apps e no próprio smartphone, por assim dizer. Hoje em dia, é muito comum nossos alunos virem para a sala de aula munidos não apenas de seus livros e cadernos, mas também desse pequeno aparelho multiuso. Em alguns estados brasileiros é proibido, por lei, usar celulares na sala de aula. Creio que isso depende muito de escola para escola e de professor para professor. Não dá para “demonizar” os celulares, assim como não dá para pensar que eles são instrumentos vitais que vão resolver todos nossos problemas.

Longe disso: sempre devemos encontrar o equilíbrio quando se trata de tecnologia. Então, por que não pensar em alguns usos pro aparelho, com alguns apps bem simples e convencionais? Vamos ver algumas ideias:

  • Texto e vídeo – WhatsApp: este aplicativo pode ser usado de diversas formas. Por exemplo, recentemente, em uma turma que sabia que não faria uso indevido de meu número de celular, criei um pequeno grupo chamado The English Zone, no qual nos comunicamos apenas em inglês, sobre os mais diferentes aspectos: dúvidas de aula, bate-papo sobre filmes, livros etc. Uma outra coisa que fiz em uma outra turma foi pedir que me enviassem pequenos vídeos de no máximo um minuto expondo suas opiniões sobre assuntos determinados em aula.
  • Foto – Snapchat: com este aplicativo, que tal fazer uma atividade em que os alunos devem tirar fotos em poses representando tempos verbais, tipo Present Continuous? Basta tirar a foto, colocar uma legenda e mandar! Simples assim!
  • Gravação de áudio: use o próprio aplicativo de gravar som do smartphone para atividades como gravar podcasts ou até mesmo fazer entrevistas em inglês, sobre os mais diferentes assuntos;
  • Tradução, vocabulário e pronúncia: embora muitas pessoas torçam o nariz, é possível usar alguns recursos como Google Translate ou outro tradutor para ajudar a quebrar um pouco a barreira do idioma, ou até mesmo o Google Image, para ajudar na aquisição de vocabulário. Que tal acessar o mesmo recurso para verificar a pronúncia? Os alunos podem verificar como falar corretamente as palavras diretamente de dicionários online.

Na verdade, as dicas acima são bem simples, cabe a nós, professores, fazermos um bom uso desta tecnologia em nossas salas de aula. Sempre que posso, prestigio os smartphones: isso faz parte da realidade de nossos alunos, não dá para negar. A internet está recheada de dicas sobre como suar celulares para ensino de língua inglesa. Basta dar uma pesquisa e se inspirar! Até o próximo post!

Fabiano Silveira

Fabiano Silveira é graduado em Letras Inglês e Mestre em Educação com ênfase em Estudos Culturais. Professor de Inglês do Curso de Letras e Secretariado Executivo Trilíngue da ULBRA e Coordenador do Instituto de Línguas da mesma universidade. Também atua como professor de inglês no Colégio Israelita Brasileiro e como tradutor freelancer para editoras e estúdios de histórias em quadrinhos. Contato: • profnerd@icloud.com • facebook.com/profnerd

1 Comment
  • Rosi
    Posted at 17:11h, 10 outubro Responder

    Gostei muito, Professor. muito boas as suas dicas.

Post A Comment