Marketing não faz milagre!

Vou confessar uma coisa: odeio ir ao dentista. Nada contra a pessoa do dentista, o profissionalismo ou o consultório. É meio que irracional, como um medo inexplicável, mas eu realmente detesto ir ao dentista. Por isso, evito ao máximo fazê-lo – erro clássico e crítico. Rápida historinha real: usei aparelho fixo por vários anos por […]

Work Smarter, not Harder!

Desde até quando consigo me lembrar ouvi pessoas repetindo que para ganhar dinheiro é preciso trabalhar muito. Não só trabalhar muito, mas dar duro também. Todos os domingos vejo amigos se lamentando de que o fim de semana já está acabando DE NOVO(!) e que já terão que ir ao trabalho na segunda-feira mais uma […]

Quanto mais somos, mais fortes nos tornamos

Hoje eu só tenho a agradecer e encorajar. Estou escrevendo este texto no meu notebook no banco de trás do carro de uma carona que consegui por um aplicativo online para ir até Belo Horizonte participar do evento organizado pela Braz-Tesol BH Chapter em união com o Teacher Development Special Interest Group da Braz-Tesol. O […]

Onde estão os professores de idiomas nos eventos?

Há 3 anos participo da equipe de produção de eventos de Coaching na cidade de Uberlândia/MG e durante o mesmo período criei alguns eventos presenciais e vários virtuais de formação continuada para professores de idiomas, durante os quais pude observar que, por algum motivo, os professores tendem a não participar de eventos presenciais ou às […]

Quão certo está seu aluno sobre o caminho que precisa trilhar? (Parte 2)

No coaching profissional nós entendemos que se as ferramentas normalmente empregadas na administração de empresas costumam trazer resultados excelentes, elas deverão funcionar também em outras áreas da vida que não apenas nos negócios. Haja visto que nós coaches somos apaixonados por tarefas, metas, objetivos e propósitos (nesta ordem) é bem simples compreender a razão pela […]

Quão certo está seu aluno sobre o caminho que precisa trilhar? (Parte 1)

Dentre as inúmeras atividades outdoor que trabalham autoconhecimento e motivação, uma delas, a caminhada vendada, me chama particularmente a atenção. Essa atividade consiste em nada mais que caminhar até um determinado ponto (a poucos metros de distância) estando com os olhos vendados e conseguir parar no exato local proposto. Há dois níveis para a realização […]